Quando a jovem franco-guineense Nafi Diaby embarcou, em Conacri, capital da República da Guiné, no voo TK538 da Turkish Airlines com destino a cidade de Ouagadougou, em Burkina Faso, nem imaginava o que estaria para acontecer.

Grávida de 28 semanas, entrou em trabalho de parto logo após a decolagem, a 42 mil pés de altitude. Com a ajuda da tripulação e de alguns passageiros, Nafi deu à luz ali mesmo, deitada em sua poltrona do Boeing 737.

Por sorte, o parto ocorreu sem nenhuma complicação e, assim que o avião pousou, mãe e filha foram encaminhadas para o hospital local. Logo após o susto, a equipe, bastante emocionada, paparicou muito a bebezinha que acabara de nascer, batizada de Kadiju.

É uma menina! Bem-vinda a bordo, princesa! Aplausos para nossa tripulação!”, compartilhou a companhia aérea no Twitter.