Avião cai na Colômbia e deixa 5 mortos.

Mais um acidente grave com um avião de grande porte ocorreu nesta terça-feira na Colômbia. Desta vez com um avião cargueiro. Haviam moradores na cabeceira da pista filmando a decolagem da aeronave. Eles acabaram flagrando o momento em que o Boeing 727-200 da companhia Aerosucre ultrapassa os limites da pista.

O jato conseguiu decolar, porém o avião sofreu danos e poucos minutos depois cai. O aeroporto da cidade possui uma única pista com 1.800 metros de extensão.

O Boeing 727-200 foi fabricado em 1975 para a companhia Air Jamaica. A mesma operou até 1997 quando foi convertido para carga. Tendo passado por várias empresas depois disso, até chegar a Aerosucre em 2008.

Velocidade de decisão

Como em todos os acidentes aéreos, será feita uma investigação para entender os motivos do acidente. Porém, um avião raramente ultrapassa os limites da pista exceto por uma falha mecânica  ou por uma falha humana.

Numa decolagem normal, a tripulação tem em mãos os momentos de checagem se tudo corre bem a fim de seguir com o voo ou abortá-lo. Esses momentos são delimitados por termos como V1, VR e V2, entre outros. A V1 é a velocidade de decisão, ou seja, “é a velocidade máxima em que é possível abortar com segurança e a mínima em que o piloto pode continuar a decolagem em caso de uma falha em um dos motores”, explica um texto da Airbus. A Vr, por sua vez, é a velocidade de rotação. Em outras palavras, o momento em que o piloto começa a levantar o avião – nesse caso isso ocorreu já fora dos limites da pista. A V2 ocorre quando o aparelho está voando a uma altitude mínima previamente calculada.

Por alguma razão ainda não esclarecida, o 727 da Aerosucre seguiu o procedimento de decolagem mesmo após não ter cumprido alguns desses passos. Segundo a imprensa local, cinco dos seis tripulantes morreram na queda.

Veja o momento do acidente no vídeo abaixo .

AVISO: a parte final mostra cenas mais fortes.

Fonte:Airway